English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Epidemiologia

A epidemiologia estuda os aspectos e as dimensões relativos ao comportamento e à evolução de problemas de  saúde coletiva, com destaque para sua incidência, distribuição, e possível controle dos determinantes das próprias doenças e de seus fatores.

A palavra epidemiologia deriva do grego, e é composta pelas palavras:

epi = sobre + demos = povo + logos = estudo

Portanto, significa estudo sobre população.

Os estudos epidemiológicos da Covid-19 vêm buscando entender melhor a doença, suas características e seu comportamento, no que se refere aos seus determinantes biológicos, sociais e ambientais.

Os estudos podem ser direcionados para a compreensão dos aspectos qualitativos, quantitativos ou ambos.

Os aspectos cobertos pelos estudos epidemiológicos quantitativos relativos à Covid-19 podem compreender assuntos como quantidade de casos de acordo com:

  • existência da doença na população
  • nível de gravidade
  • faixa etária
  • sexo
  • etnia
  • condições socioeconômicas
  • nível educacional
  • regiões geográficas: países, cidades, etc.
  • capacidade de contágio e alastramento
  • doenças coexistentes (comorbidade)
  • mortalidade
  • outros fatores

Essas quantificações são estudadas em relação aos casos novos e aos acumulados, em cada período de tempo da evolução da doença na população.

Podem também associar mais de um aspecto acima mencionado.

Esta página abrange estudos sobre alguns aspectos listados acima.

Os estudos epidemiológicos abordam também aspectos relativos a fatores de risco e causalidade, e à utilização de recursos e medidas de tratamento e prevenção.

Estes últimos estão sendo tratados aqui no Observatório de forma separada, em outras páginas.